Despedida de Dom Paulo Evaristo Card. Arns, confrade, amigo dos pobres e meu amigo

Leonardo Boff

Estas foram as palavras lidas ao povo numa missa com o povo antes do sepultamento de Dom Paulo Evaristo Arns,na sexta-feira, na Catedral de São Paulo.

“Querido confrade, amigo dos pobres e meu amigo, meu mestre e promotor de
minha vida de teólogo, Dom Paulo Evaristo Arns.

Morrer, não é morrer. É atender a um chamado de Deus. Deus o chamou e o Sr.
foi contente ao seu encontro. Lá encontrará, estou seguro, os milhares de
pobres, refugiados, torturados e assassinados que o Sr. defendeu, protegeu e
por eles arriscou sua própria vida.

Jamais esquecerei o tempo de Petrópolis nos começos dos anos 60 do século passado, quando juntos, nos fins de semana,praticávamos a pastoral de periferia no bairro do Itamarati, o seu amor aos pobres dos morros e o carinho para com as crianças.

Ainda não terminei de lhe agradecer a coragem com a qual tomou a defesa da

Ver o post original 304 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s