TRAIÇÃO. Moro autoriza a entrada do FBI nas investigações da Operação Lava Jato

andradetalis

Golpistas nas ruas, nos protestos convocados por Eduardo Cunha e Aécio Neves, pedem a intervenção de exército estrangeiro. Não informam de qual país. Nem precisam. Todo mundo sabe a que império a extrema direita deve vassalagem.

Os governadores armam e comandam policiais civis e militares, e contratam empresas de segurança. O governador Geraldo Alckmin possui um dos mais poderosos exércitos do mundo: uma polícia militar com um efetivo de cem mil soldados, e uma polícia civil com 65 mil homens (a confirmar).

Polícia nunca faltou no Brasil. Nem fiscal.  Notadamente depois da ditadura de 64. E todas exercem atividades de polícia judiciária. Inclusive a Polícia Federal.

Os serviços de inteligência, de informações estratégicas, de espionagem da ditadura jamais foram extintos. Mudaram de nomes.

Estão a serviço de uma justiça PPV. Na escravatura oficial, os capitães-do-mato foram substituídos pelos soldados do Exército, o que motivou a revolta dos tenentes…

Ver o post original 612 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s